top of page

Startup investe em plataforma digital para garantir sustentabilidade à gestão do SUS

Erico Vasconcelos [A] Diretor-Fundador da UniverSaúde

O Sistema Único de Saúde [SUS] vive em nosso País um instante complexo e desafiador. A pandemia de COVID-19 assola a Sociedade brasileira há cerca de dois anos. Dados do Consórcio Nacional dos veículos de imprensa evidenciam a repercussão de quase 23 milhões de casos já registrados e pouco mais de 621 mil óbitos ocorridos em todo País.

A pandemia “bateu à porta” dos municípios brasileiros no último ano dos mandatos gestores, período historicamente complexo em razão dos movimentos político-partidários que acabam por consumir tempo e energia dos seus atores protagonistas. Cerca de 74% dos municípios de todo o Brasil tiveram suas gestões municipais renovadas, com Prefeitos eleitos em seus primeiros mandatos, e que enfrentaram em seu primeiro ano de gestão o pior momento da pandemia.

Demandas circunstanciais da Saúde trouxeram a estes gestores o desafio da pilotagem de uma agenda extremamente delicada e difícil de conduzir. A conciliação da agenda gestora ordinária com a agenda da contingência, de resposta rápida, gerou desgastes e uma carga de estresse sem igual a todos os atores do SUS neste período. Aspecto este que permanece em curso em razão, sobretudo, do momento atual com a chegada da nova variante ômicron e o colapso iminente do sistema.

Como se não bastasse, estudos e reportagens frequentes evidenciam um “tripé de problemas” importantes para a gestão do SUS nos municípios. Gestores pouco atualizados ou preparados para a atuação na função, indicados pela via político-partidária, que perdem cerca de 20% do orçamento da saúde devido ao frágil gerenciamento dos seus processos internos, 40% dos seus trabalhadores da saúde da linha de frente que faltam e cerca de 80% dos usuários que se dizem insatisfeitos com os serviços ofertados pelo SUS.

A questão que surge é: o quê fazer para transformar esta realidade?

Para fortalecer a capacidade de resposta do SUS, a UniverSaúde surge como uma startup – empresa que concilia tecnologias e um método inovador para atuação em larga escala – especializada no trabalho com governos que ajuda gestores a tornarem seus projetos mais sustentáveis organizacional e financeiramente utilizando tecnologias digitais.

Com experiências na gestão do SUS de mais de duas décadas, a UniverSaúde personaliza ações para as Secretarias de Saúde voltadas à melhoria da qualidade dos gastos públicos. Na prática, associa experiências e conhecimentos sobre gestão com um método que utiliza diversas ferramentas para o desenvolvimento de projetos de sucesso – a ideia é cuidar de quem cuida para transformar o jeito de fazer Saúde no Brasil. Para cada um dos eixos gestão, educação e tecnologias, uma solução potente conjugada com uma proposta de valor distinta para impulsionar o surgimento de cidades mais inteligentes para a Saúde.

No eixo gestão, conhecido como UniverGestão, o objetivo é racionalizar custos para melhorar a qualidade dos gastos das Secretarias de Saúde. A UniverSaúde desenvolveu uma metodologia que funciona como indicador e termômetro de impacto das Secretarias de Saúde – o Índice de Excelência para a gestão do SUS. Por meio de um checklist inicial, a equipe gestora destas Secretarias pode identificar como está a qualidade administrativa da sua gestão. E a partir dessa visão inicial, fica mais fácil traçar planos de ação para transformar as deficiências da equipe em soluções aplicáveis. A UniverSaúde aplicou esta ferramenta nos municípios de Tarumã-SP, Guaratinguetá-SP, Ilhabela-SP, Senador Canedo-GO, dentre outros.

No eixo educação, chamado UniverCursos, a proposta é qualificar profissionais com qualidade e baixo custo por meios digitais. Na prática, a UniverSaúde criou uma plataforma de educação à distância que funciona como uma “Escola Virtual” para gestores e profissionais de saúde de todo Brasil. Recentemente, ampliando suas ações inovadoras para o campo educacional, a Prefeitura do Município de Santo André-SP adquiriu esta plataforma com o objetivo de impulsionar a educação profissionalizante para apoiar a recolocação das pessoas no mercado de trabalho, conectando-as com empresas do município.

No eixo tecnologias, conhecido como UniverTech, o objetivo é conectar população e governos para a melhoria da qualidade de vida das pessoas. O AVISASaúde foca no monitoramento da saúde das pessoas, especialmente no pós-COVID-19 e àquelas com pressão alta e diabetes, entre outras doenças crônicas – considerando a redução de complicações médicas e os diversos desgastes devido à falta de acompanhamento da saúde das pessoas em tempo real.

Porque não basta apenas criticar os governos e seus governantes. É preciso ir além e ajudar seus gestores a conquistarem mais sustentabilidade organizacional e financeira para o SUS. Mas mais do que isso ainda: o momento requer cuidado com quem cuida! Colocar-se no lugar do outro! É preciso apoiar nossos Pares e prepará-los para que desenvolvam projetos de sucesso no SUS que atendam as necessidades do grande público e correspondam às suas expectativas, fortalecendo a governança e incorporando tecnologias para inovar a gestão pública. Tecer redes de apoio e cooperação com os governos é a única solução para uma Saúde melhor em nosso País.

_________________

[A] Erico Vasconcelos é cirurgião-dentista, estomatologista, especialista em Terapia Comunitária, em liderança e desenvolvimento gerencial de organizações de saúde e com MBA em gestão de pessoas. Há 17 anos atua na gestão da Atenção Básica, do SUS, na Segurança e Qualidade e na Gestão Estratégica de Pessoas de organizações de saúde. Foi gestor de diversas organizações privadas e municípios. Atuou no Ministério da Saúde entre 2013 e 2016 no Departamento de Atenção Básica elaborando políticas e desenvolvendo ações de apoio e educação. Desde 2005 atua na formação em serviço de gestores e profissionais de saúde pelo Brasil afora. Trabalhou como Tutor e Coordenador de Cursos na EaD da ENSP, UnASUS-UNIFESP e na UFF. Foi Professor de Saúde Coletiva da Universidade de Mogi das Cruzes (UMC) e em outros cursos de várias Universidades. Fundou a UniverSaúde em 2016, uma startup que ajuda gestores a tornarem os projetos do SUS mais sustentáveis com soluções que integram gestão, educação e tecnologias. Já trabalhou em mais de 50 municípios e organizações. Atualmente deesenvolve projetos com o Hospital Albert Einstein e o Hospital do Coração (HCor) e diversos municípios pelo Brasil afora.

3 visualizações0 comentário
bottom of page